A relação entre os níveis de governança corporativa e índices de rentabilidade econômica Outros Idiomas

ID:
9038
Periódico:
Resumo:
As práticas de governança corporativa foram intensificadas com a criação do Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo - BM&FBOVESPA, a nova Lei das Sociedades por Ações, o Código do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), as recomendações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o ativismo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e dos fundos de pensão. Nesse sentido, este trabalho teve por objetivo analisar a relação entre os níveis de governança corporativa e os índices de rentabilidade econômica das empresas listadas na BM&FBOVESPA. Para tal, procedeu-se a consulta no site da BM&FBOVESPA, do qual, através do Balanço Patrimonial e da Demonstração dos Resultados do Exercício consolidado, foram retirados os valores referentes ao ano de 2010, necessários para calcular os índices de rentabilidade. Com base nos valores das vendas líquidas, do ativo, do lucro líquido e do patrimônio líquido das empresas foram calculados os índices de rentabilidade: giro do ativo, margem líquida, rentabilidade do ativo e rentabilidade do patrimônio líquido para cada empresa estudada. O resultado da pesquisa mostra que os valores para todos os índices de rentabilidade estão entre a faixa de -1,96 e 1,96, logo se aceita a hipótese nula de que não existem diferenças significativas entre os índices de rentabilidade médios dos níveis de governança
Citação ABNT:
VENTURA, A. F. A.; SANTOS, V. S.; VENTURA JÚNIOR, R.; FIRMINO, R. G. A relação entre os níveis de governança corporativa e índices de rentabilidade econômica. Reuna, v. 17, n. 3, p. 73-84, 2012.
Citação APA:
Ventura, A. F. A., Santos, V. S., Ventura Júnior, R., & Firmino, R. G. (2012). A relação entre os níveis de governança corporativa e índices de rentabilidade econômica. Reuna, 17(3), 73-84.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/9038/a-relacao-entre-os-niveis-de-governanca-corporativa-e-indices-de-rentabilidade-economica/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Acesso em: dezembro/2011 Nível 2. Disponível em:< http://www.bmfbovespa.com.br/empresas/pages/empresas_nivel-2.asp>.Acesso em: dezembro/2011

Bovespa Mais. Disponível em: . Acesso em: dezembro/2011

BRUNI, Adriano Leal. Estatistica Aplicada à Gestão Empresarial. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

Comparativos de Segmentos de Listagem. Disponível em: Acesso em: dezembro/2011.

GILSON, D. Transparency, corporate governance and capital markets. Latin American Corporate Governance Roundtable. São Paulo, 2000.

GROSSMAN, S.; HART, O. The Costs and Benefits of Ownership: a theory of vertical integration. Journal of Political Economy, v. 94, p. 691-719, 1986.

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Análise de Balanços. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MACEDO, F. de Queiroz; MELLO, G. Ribeiro de; FILHO, F. Tavares. Adesão ao Nível 1 de Governança Corporativa da Bovespa e a Percepção de Risco e Retorno das Ações pelo Mercado. In: CONGRESSO USP, 13, 2006, São Paulo. Anais... São Paulo, 2006.

MATARAZZO, Dante Carmine. Análise Financeira de Balanços: abordagem gerencial. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

Novo Mercado. Disponível em: . Acesso em: dezembro/2011. Nível 1. Disponível em: .

REIS, A. C. de Rezende. Demonstrações Contábeis: estrutura e análise. 3.ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

SENHORAS, E. M.; TAKEUCHI, K. P; TAKEUCHI, K. P. A Importância Estratégica da Governança Corporativa no Mercado de Capitais: Um Estudo Internacional Comparado. In: III Seget – Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2006, Resende. Anais...Resende: AEDB, 2006.

SHLEIFER, A.; VISHNY, R. W. A survey of Corporate Governance. Journal of Finance, v 52, n.2, p. 737-783, 1997

SILVA, André L. C. da; LEAL, Ricardo P. C. (Org.). Governança Corporativa: evidências empíricas no Brasil. São Paulo: Atlas, 2007.

SILVA, André Luiz Carvalhal da. Governança corporativa e sucesso empresarial: melhores práticas para aumentar o valor da firma. São Paulo: Saraiva, 2006.

SILVEIRA, Alexandre Di Miceli da. Governança corporativa e estrutura de propriedade: determinantes e relação com o desempenho das empresas no Brasil. 2004. 250 p. Tese (Doutorado) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.