Segmentação no setor turístico: o turista LGBT de São Paulo Outros Idiomas

ID:
9309
Resumo:
O objetivo neste artigo é retratar o segmento de turismo LGTB (Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais) da cidade de São Paulo e levantar informações sobre seu perfil como importante respaldo para o setor turístico na definição de suas estratégias de marketing. Foi realizado levantamento bibliográfico exploratório e um levantamento de dados estatísticos junto a órgãos governamentais e órgãos representantes deste público para uma descrição e análise dos dados sobre a composição e perfil desse segmento, bem como sobre as estratégias que estão sendo utilizadas pelas empresas para cativá-lo e fidelizá-lo. Compõe também o trabalho Estudo Descritivo realizado pelo Observatório do Turismo de São Paulo junto aos participantes da Parada Gay em São Paulo, em 2011. Como resultados, verifica-se que o público LGTB apresenta particularidades comportamentais como compradores de produtos turísticos, proporcionando durante sua estada, investimentos superiores aos feitos por outros segmentos do turismo, pois vem permanecendo como turista por um período maior de tempo em São Paulo, deixando assim mais recursos financeiros na cidade. Também apresenta como resultados, exemplos da utilização eficaz de estratégias de diferenciação por parte das organizações, na atração, atendimento e fidelização desse segmento.
Citação ABNT:
AZEVEDO, M. S.; MARTINS, C. B.; NÁDIA, P. K.; FARAH, O. E. Segmentação no setor turístico: o turista LGBT de São Paulo. Revista de Administração da UFSM, v. 5, n. 3, p. 493-506, 2012.
Citação APA:
Azevedo, M. S., Martins, C. B., Nádia, P. K., & Farah, O. E. (2012). Segmentação no setor turístico: o turista LGBT de São Paulo. Revista de Administração da UFSM, 5(3), 493-506.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/9309/segmentacao-no-setor-turistico--o-turista-lgbt-de-sao-paulo/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais. Disponível em www.abglt.org.br. Acesso em 12/05/2012.

ALTAF, J. G.; TROCCOLI, I. R. Autoconceito e Marcas de Luxo: Associação Aplicada ao Consumidor Homossexual Masculino. In: XII Semead, 2009, Bauru. XII Semead, 2009.

ANSARAH, M. G. R. Turismo – Segmentação de Mercado. São Paulo: Ed Futura, 2000.

ATHOS GLS. Disponível em www.athosgls.com. br. Acesso em 16/10/2009.

BRASIL. Ministério do Turismo; Embratur; FGV. Pesquisa do Impacto Econômico dos Eventos Internacionais Realizados no Brasil – 2007/2008. Brasília: Ministério do Turismo, 2010. Disponível em http://www.turismo.gov. br. Acesso 06/05/2012.

BRASIL. Turismo no Brasil: 2011-2014. Conselho Nacional de Turismo, 2010. Disponível em: http://www.turismo.gov.br/export/sites/ default/turismo/o_ministerio/publicacoes/ d ow n l o a d s _ p u b l i ca co e s / Tu r i s m o _ n o _ Brasil_2011_-_2014_sem_margem_corte.pdf. Acesso em: 06/05/2011.

CANDIOTO, M. F. Agências de Turismo no Brasil. São Paulo: Ed. Campus, 2012.

CHURCHMUCH, T. Turismo LGBT Trabalhando diversidades In 5° Salão do Turismo, 2010, São Paulo, SP, 2010.

CIDADE DE SÃO PAULO. Disponível em http:// www.cidadedesaopaulo.com. Acesso em 05/11/2009.

CONSTÂNCIO, J. R. Branding e mercado GLS: um encontro de valor. In: SINAP – Simpósio Brasileiro de Gestão de Negócios Portuários. Universidade Católica de Santos (Unisantos). Santos: 2007.

DIAS, R. e CASSAR, M. Fundamentos do Marketing Turístico. São Paulo: Pretentice Hall, 2005.

DIAS, R. Introdução ao Turismo. São Paulo: Ed. Atlas, 2005.

ECOBRASIL. Cruzeiros Marítimos: Mercado Mundial. Instituto Eco Brasil, 2011. Disponível em: http://www.ecobrasil.org.br/publique/cgi/ cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=444&sid=73. Acesso em 06/05/2012.

FIPE– FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISAS ECONÔMICAS. Disponível em www.fipe.org.br. Acesso em 19/10/2009.

FOLHA DE TURISMO. Mercado e Eventos. Agosto de 2009 – Ano VI, número 134.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007

HORNER, S.; SWARBROOKE, J. O comportamento do consumidor no turismo. São Paulo: Aleph, 2002.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Disponível em http://www.ibge. gov.br. Acesso em: Outubro de 2007.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Pesquisa de Serviços de Hospedagem: 2011. IBGE: Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: http://www.dadosefatos. t u r i s m o . g o v. b r /ex p o r t /s i te s / d e fa u l t / dadosefatos/outros_estudos/estudo_ibge_ hospedagem/download_ibge_hospedagem/ I B G E _ _ P e s q u i s a _ d e _ S e r v i x o s _ d e _ hospedagem_2011_-_Relatxrio_Completo. pdf. Acesso em 06/05/2012.

IGNARRA, L. R. Fundamentos do Turismo São Paulo. São Paulo: Ed. Thompson, 2003.

Infraero – Disponível em www.infraero.gov.br. Acesso em 06/11/2009.

KOTLER, P. Administração de Marketing, Análise, Planejamento, Implementação e Controle. São Paulo: Ed. Atlas, 2006.

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de Marketing. São Paulo: Ed Atlas, 2006.

KUAZAQUI, E. Marketing Turístico e de Hospitalidade. São Paulo: Makron Books, 2001.

LOVELOCK, C; WRIGHT, L. Serviços, Marketing, Gestão. São Paulo: Ed Saraiva, 2001.

MONTEJANO, J. Estrutura do Mercado Turístico. São Paulo: Roca, 2001.

MTUR Ministério do Turismo Brasileiro. Plano Nacional do Turismo. Disponível em http://www.turismo.gov. br/site/arquivos/ dados_fatos/Anuario/Plano_Nacional_do_ Turismo.pdf. Acesso em 14/10/09.

MTUR Ministério do Turismo Brasileiro. Relatório. Disponível em http://www.turismo. gov.br. Acesso em 15/10/2009.

NUNAN, A. Entrada de turistas estrangeiros no Brasil cresce 5,3%. Assessoria de Comunicação do MTur: Brasília, 2012. Disponível em: http://www.turismo.gov.br/turismo/noticias/ todas_noticias/20120504.html. Acesso em 06/05/2012.

NUNAN, A. Homossexualidade: do preconceito aos padrões de consumo. Rio de Janeiro: Caravansarai, 2003.

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO. Boletim Semestral: 2011/2. São Paulo: São Paulo Turismo, 6ª ed., 2012.

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO. Demanda turística nacional e internacional para a cidade de São Paulo: Aeroporto Internacional de Guarulhos. São / Paulo: São Paulo Turismo, 2012. Disponível em: http://www.observatoriodoturismo. com.br/pdf/demanda_gru.pdf. Acesso em 06/05/2012.

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO. LGTB, 2011. Disponível em http:// www.observatoriodoturismo.com.br/pdf/ RELATORIO_LGBT_2011.pdf. Acesso em 06/05/2012.

OMT Organização Mundial de Turismo. Introdução ao Turismo. São Paulo: Ed. Roca, 2009.

PIMENTA, C.; RICHERS, R. Segmentação: opção estratégica para o mercado brasileiro. São Paulo: Ed Nobel, 2001.

REINAUDO, F. SPCVB realiza treinamento para atender público GLBT em SP. Abrat GLS. Disponível em: http://www.abratgls.com.br/. Acesso em 29/06/2010.

REVISTA EXAME. Edição 950, ano 43 nº16 26/08/2009.

SEDH – Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Disponível em www.presidencia. gov.br/sedh. Acesso em Novembro de 2009.

SEKARAN, U. Research methods for business: a skill building approach. New York: John Wiley & Sons, 2000.

SENGUDER, T. An evaluation of consumer and business segmentation approaches. Journal of American Academy of Business. Cambridge: 2003, 2(2),pp 618-624.

SHETH, J. N.; MITTAL, B.; E NEWMAN, B. I. Comportamento do Cliente. São Paulo: Atlas, 2001.

SMITH, W. R. Product differentiation and market segmentation as alternative marketing strategies. Journal of Marketing, [s.l.], pp. 3-8, jul. 1956.

SPTURIS. Destino São Paulo: Turismo de negócio e de incentivo, s/d. Disponível em: http://www.spturis.com/download/arquivos/ mice_br.pdf. Acesso em: 06/05/2012.

SPTURIS. Guia da DiverCidade de São Paulo. 2011. Disponível em: http://spturis.com/ download/arquivos/guia_diversidade.pdf. Acesso em 06/05/2012.

SPTURIS. No Dia Mundial do Turismo, São Paulo comemora o melhor momento do setor dos últimos sete anos. São Paulo Turismo. 2012. Disponível em: http://imprensa.spturis. com/imprensa/releases/pdf/dia_mundial_ turismo_2011.pdf. Acesso em 06/05/2012.

SPTURIS. Parada Gay promete atrair milhares de turistas para São Paulo. 2011. Disponível em: http://imprensa.spturis.com/imprensa/ releases/pdf/Release_paradaGay2011.pdf. Acesso em 06/05/2012.

SPTURIS. Parada LGBT movimenta a economia da capital. São Paulo Turismo. 2010. Disponível em: http://imprensa.spturis.com/imprensa/ releases/pdf/paradagay.pdf. Acesso em 06/05/2012.

VISITE SÃO PAULO. Dados da Cidade: Turismo. Disponível em: http://www.visitesaopaulo.com/dadosdacidade.asp. Acesso em 06/05/2012.

VISITE SÃO PAULO. Disponível em www. visitesaopaulo.com. Acesso em Outubro de 2009.

WEINSTEIN, A. Segmentação de Mercado. São Paulo: Ed Atlas, 1995.

WTCCWORLD TRAVEL & TOURISM COUNCIL. Travel & Tourism: Economic Impact 2012 World. London, UK. Disponível em: http://www. wttc.org/site_media/uploads/downloads/ world2012.pdf. Acesso em 06/05/2012.