Dados em painel em contabilidade e finanças: teoria e aplicação

ID:
9648
Resumo:
A utilização de modelos que envolvam dados longitudinais em contabilidade e finanças tem sido recorrente. No entanto verifica-se uma falta de cuidado quanto aos critérios para a adoção de um modelo em detrimento de outro, bem como a ausência de uma discussão mais detalhada sobre os possíveis estimadores a serem estudados em cada situação. Este artigo tem por objetivo apresentar, de forma conceitual e aplicada, os principais estimadores de dados em painel que podem ser utilizados nessas áreas do conhecimento, bem como auxiliar na definição do modelo mais consistente a ser adotado, em função das características dos dados. Para um painel curto, são discutidos os modelos POLS com erros-padrão robustos clusterizados, com estimador between, efeitos fixos, efeitos fixos com erros-padrão robustos clusterizados, efeitos aleatórios e efeitos aleatórios com erros-padrão robustos clusterizados. Já para um painel longo, são discutidos os modelos com efeitos fixos, efeitos aleatórios, efeitos fixos com termos de erro AR(1), efeitos aleatórios com termos de erro AR(1), POLS com erros AR(1) e Pooled FGLS com erros AR(1). Este artigo também tem por propósito aplicar tais modelos em um caso real, com base nos dados da Compustat Global. Ao final, são apresentadas as principais rotinas para a aplicação de cada um dos modelos em Stata.
Citação ABNT:
FÁVERO, L. P. L.Dados em painel em contabilidade e finanças: teoria e aplicação. Brazilian Business Review, v. 10, n. 1, p. 131-156, 2013.
Citação APA:
Fávero, L. P. L.(2013). Dados em painel em contabilidade e finanças: teoria e aplicação. Brazilian Business Review, 10(1), 131-156.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/9648/dados-em-painel-em-contabilidade-e-financas--teoria-e-aplicacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AHN, S. C.; SCHMIDT, P. Efficient estimation of dynamic panel data models: alternative assumptions and simplified estimation. Journal of Econometrics, v. 76, n. 1-2, p. 309-321, 1997.

ALMEIDA, J. E. F. Qualidade da informação contábil em ambientes competitivos. 2010. 174 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

ANDERSON, T. W.; HSIAO, C. Formulation and estimation of dynamic models using panel data. Journal of Econometrics, v. 18, n. 1, p. 47-82, 1982.

ARELLANO, M. Panel data econometrics: advanced texts in econometrics. New York: Oxford University Press, 2003.

BALESTRA, P.; NERLOVE, M. Pooling cross section and time series data in the estimation of a dynamic model: the demand for natural gas. Econometrica, v. 34, n. 3, p. 585-612, 1966.

BALTAGI, B. H. Econometric analysis of panel data. 4. ed. New York: John Wiley and Sons, 2008.

BALTAGI, B. H.; GRIFFIN, J. M. Short and long run effects in pooled models. International Economic Review, v. 25, n. 3, p. 631-645, 1984.

BASTOS, D. B.; NAKAMURA, W. T. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas no Brasil, México e Chile no período 2001-2006. Revista Contabilidade e Finanças, v. 20, n. 50, p. 75-94, 2009.

BECK, N.; KATZ, J. N. What to do (and not to do) with time-series cross-section data. American Political Science Review, v. 89, n. 3, p. 634-647, 1995.

BHARGAVA, A.; FRANZINI, L.; NARENDRANATHAN, W. Serial correlation and the fixed effects model. Review of Economic Studies, v. 49, n. 4, p. 533-549, 1982.

BHARGAVA, A.; SARGAN, J. D. Estimating dynamic random effects models from panel data covering short time periods. Econometrica, v. 51, n. 6, p. 1635-1659, 1983.

BREUSCH, T. S.; MIZON, G. E.; SCHMIDT, P. Efficientestimation using panel data. Econometrica, v. 57, n. 3, p. 695-700, 1989.

CAMERON, A. C.; TRIVEDI, P. K. Microeconometrics using Stata. College Station: Stata Press, 2009.

CARNEIRO, L. A. F.; SHERRIS, M. Corporate interest rate risk management with derivatives in Australia: empirical results. Revista Contabilidade e Finanças, v. 19, n. 46, p. 86-107, 2008.

COELHO, A. C. D. Qualidade informacional e conservadorismo nos resultados contábeis no Brasil.2007. 240 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

FÁVERO, L. P. L.; SOTELINO, F. B. Elasticities of stock prices in emerging markets. In: BATTEN, J. A.; SZILAGYI, P. G (Ed.) The impact of the global financial crisis on emerging financial markets. Emerald Group Publishing Limited, 2011. (Contemporary Studies in Economic and Financial Analysis, Vol. 93, p. 473-493).

FREES, E. W. Longitudinal and panel data: analysis and applications in the social sciences. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.

GREENE, W. H. Econometric analysis. 6. ed. Upper Saddle River: Prentice Hall, 2007.

HOECHLE, D. Robust standard errors for panel regressions with cross-sectional dependence. Stata Journal, v. 7, n. 3, p. 281-312, 2007.

HOLTZ-EAKIN, D.; NEWEY, W.; ROSEN, H. S. Estimating vector auto regressions with panel data. Econometrica, v. 56, n. 6, p. 1371-1395, 1988.

HSIAO, C. Analysis of panel data. 2. ed. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

ISLAM, N. Growth empirics: a panel data approach. The Quarterly Journal of Economics, v. 110, n. 4, p. 1127-1170, 1995.

JONES, D. C.; KALMI, P.; MÄKINEN, M. The productivity effects of stock option schemes: evidence from Finnish panel data. Journal of Productivity Analysis, v. 33, n. 1, p. 67-80, 2010.

KENNON, J. Price to cash flow ratio. Disponível em: . Acesso em: 07 ago. 2010.

KRISHNAKUMAR, J.; RONCHETTI, E. (Ed.) Panel data econometrics: future directions. Amsterdam: North Holland, 2000.

LIMA, G. A. S. F. et al. Influência do disclosure voluntário no custo de capital de terceiros. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE,7., 2007, São Paulo. Anais... Universidade de São Paulo, 2007.

LIMA, G. A. S. F. Nível de evidenciação x custo da dívida das empresas brasileiras. Revista Contabilidade e Finanças, v. 20, n. 49, p. 95-108, 2009.

LIMA, G. A. S. F. Utilização da teoria da divulgação para avaliação da relação do nível de disclosure com o custo da dívida das empresas brasileiras. 2007. 98 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

MADDALA, G. S. The econometrics for panel data. Brookfield: Elgar, 1993.

MAKINO, S.; ISOBE, T.; CHAN, C. M. Does country matter? Strategic Management Journal, v. 25, n. 10, p. 1027-1043, 2004.

MALACRIDA, M. J. C. et al. An accounting accruals model to predict future operating cash flows: evidence from Brazil. International Journal of Management, v. 27, n. 3, p. 562-578, 2010.

MARQUES, L. D. Modelos dinâmicos com dados em painel: revisão da literatura. Série Working Papers do Centro de Estudos Macroeconômicos e Previsão (CEMPRE) da Faculdade de Economia do Porto, Portugal, n. 100, 2000.

MÁTYÁS, L.; SEVESTRE, P. (Ed.). The econometrics of panel data: fundamentals and recent developments in theory and practice. 3. ed. New York: Springer, 2008.

NAKAMURA, W. T. et al. Determinantes de estrutura de capital no mercado brasileiro: análise de regressão com painel de dados no período 1999-2003. Revista Contabilidade e Finanças, v. 18, n. 44, p. 72-85, 2007.

PIMENTEL, R. C. Accounting earnings properties and determinants of earnings response coefficient in Brazil. 2009. 162 f. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

PIMENTEL, R. C. O mercado de eurobonds e as captações brasileiras: uma abordagem empírico-descritiva. 2006. 178 f. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

SOUZA, M. S. Fluxo de caixa por regime de competência. 2006. 93 f. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

WOOLDRIDGE, J. M. Econometric analysis of cross section and panel data. 2. ed. Cambridge: MIT Press, 2010.