Competências gerenciais na área de tecnologia de informação: um estudo com gestores de empresas localizadas no Triângulo Mineiro Outros Idiomas

ID:
9866
Resumo:
Diante das diferenciadas demandas a que os gestores estão submetidos, das peculiaridades do setor de tecnologia de informação (TI) e das dificuldades em torno da formação, do desenvolvimento e da externalização das suas competências profissionais, este artigo teve como objetivo descrever as configurações das competências gerenciais de gestores da área de TI em organizações situadas no Triângulo Mineiro, na ótica deles próprios, segundo modelo de Quinn et al. (2003). Foi realizada uma pesquisa descritiva em diversas empresas privadas localizadas na referida região e com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados por meio de questionários, respondidos por 27 gestores de TI, e tabulados estatisticamente. Destaca-se o fato de que os gestores de TI, na sua ótica, apontaram médias de performance real acima do que eles consideram ser exigido pelas empresas onde trabalham.
Citação ABNT:
PAIVA, K. C. M.; FERREIRA, L. D. S. Competências gerenciais na área de tecnologia de informação: um estudo com gestores de empresas localizadas no Triângulo Mineiro. Revista Gestão & Tecnologia, v. 13, n. 1, p. 205-229, 2013.
Citação APA:
Paiva, K. C. M., & Ferreira, L. D. S. (2013). Competências gerenciais na área de tecnologia de informação: um estudo com gestores de empresas localizadas no Triângulo Mineiro. Revista Gestão & Tecnologia, 13(1), 205-229.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/9866/competencias-gerenciais-na-area-de-tecnologia-de-informacao--um-estudo-com-gestores-de-empresas-localizadas-no-triangulo-mineiro/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Alves-Mazzotti, A. J.; & Gewandsznajder, F. (2001). O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Antonello, C. S. (2005). A metamorfose da Aprendizagem Organizacional: uma visão crítica. In: R. Ruas, C. B. Antonello, & L. H. Boff. Aprendizagem organizacional e Competências: Os novos horizontes da Gestão. 12-33. São Paulo, Bookman.

Boyatzis, R. E. (1982). The Competent Management: A Model for Effective Performance. New York: Wiley & Sons.

Castro, E. B.; & Sá, M. A. D. (2002). Habilidades, competências, valores e atitudes - um perfil para o profissional de computação e informática. Anais do Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, Florianópolis, Brasil, 22.

Cerioni, T. A. Quatro faces de um líder. Carreira-Revista Eletrônica. Recuperado em 18 abril, 2012, de: http://cio.uol.com.br/carreira/2007/03/15/idgnoticia.2007-03-15.7185945135.

Collis, J.; & Hussey, R. (2005). Pesquisa em Administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação. Porto Alegre: Bookman.

Davel, E.; & Melo, M. C. O. L. (2005). Singularidades e Transformações no Trabalho dos Gerentes. In: E. Davel, & M. C. O. L. Melo. Gerência em Ação. 29-65). Rio de Janeiro: FGV.

Dias, H. C. V. B. (2009). Competências do enfermeiro: um estudo em um hospital privado de Belo Horizonte. Dissertação de Mestrado em Administração, Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Dias, H. C. V. B.; & Paiva, K. C. M. (2011). Competências do enfermeiro: estudo em um hospital privado. Revista Brasileira de Enfermagem, REBEN, 64(3), 511-520.

Dutra, J. S. (2004). Competências: conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna. São Paulo: Atlas.

Fernandes, A. A.; & Teixeira, D. S. (2004). Fábrica de Software: Implantação e gestão de operações. São Paulo: Atlas.

Fernandes, A. C. B. C. (2012). Competências Gerenciais de Enfermeiros de uma Instituição Hospitalar de Belo Horizonte. Dissertação de Mestrado em Administração, Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Ferreira, L. S. (2012). Competências Gerenciais: um estudo com gestores de tecnologia da informação de empresas localizadas no Triângulo Mineiro. Dissertação de Mestrado em Administração, Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Fleury, A.; & Fleury, M. T. L. (2001). Estratégias Empresariais e Formação de Competências. São Paulo: Atlas.

Fruet, H. E.; & Mansur, A. (2005). A nova geração conectada. Revista Época, 376, p.106-112.

Goulart, C. (2006). Letramento e modos de ser letrado: discutindo as bases teóricometodológicas de um estudo. Revista Brasileira de Educação, 11(33), 450-460.

Greenemeier, L. (2007). Inimigo íntimo. Revista Information Week Brasil, 8(175), 44-48.

Hill, L. A. (1993). Novos gerentes: assumindo uma nova identidade. São Paulo: Makron Books.

Laguna, G.; & Oliveira, L. R. (2006). Fatores críticos de sucesso para alinhamento de Objetivos de negócios e TI. Anais do Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, SEGeT, Resende, Brasil, 3. Recuperado em 26 outubro, 2012, de: http://ww.aedb.br/seget/artigos06/961_FCS.pdf.

Laudon, K. C.; & Laudon, J. P. (1999). Sistemas de Informação. Rio de Janeiro: LTC.

Le Boterf, G. (2003). Desenvolvendo a competência dos profissionais. Porto Alegre: Artmed.

Marra, A. V.; & Melo, M. C. O. L. (2005). A Prática Social de Gerentes Universitários em uma Instituição Pública. Revista de Administração Contemporânea, RAC, 9(3), 9-31.

McClelland, D. C. (1973). Testing for competence rather than for intelligence. American Psychologist, 28(1), 1-40.

Motta, P. R. (2002). Gestão Contemporânea: A Ciência e a Arte de Ser Dirigente. Rio de Janeiro: Record.

O’Brien, J. A. (2002). Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet. São Paulo: Saraiva.

Paiva, K. C. M. (2007). Gestão de competências e a profissão docente um estudo de caso em universidades no Estado de Minas Gerais. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Paiva, K. C. M.; & Melo, M. C. O. L. (2008). Competências, gestão de competências e profissões: perspectivas de pesquisas. Revista de Administração Contemporânea, RAC, 12(2), 339-368.

Quinn, R. E. et al. (2003). Competências Gerenciais: princípios e aplicações. Rio de Janeiro: Elsevier.

Rauen, F. J. (1999). Elementos de iniciação à pesquisa. Rio do Sul: Nova Era.

Resende, E. (1999). O Livro das Competências: Desenvolvimento das competências. São Paulo: Qualitymark.

Rezende, D. A.; & Abreu, A. F. (2003). Tecnologia da Informação Aplicada a Sistemas de Informação Empresariais. São Paulo: Atlas.

Rockart, J. F.; Earl, M. J.; & Ross, J. W. (1996). Eight Imperatives for the new IT Organization. Sloan Management Review, 38(1), 43-55.

Rodrigues, S. B.; Child, J.; & Luz, T. R. (2004). Aprendizagem Contestada em Ambiente de Mudança Radical. Revista de Administração de Empresas, RAE, 44(1), 27-43.

Ruiz, M. (2007). Pela excelência dos serviços em Tecnologia. Recuperado em 8 abril, 2012, de: http://www.newtonbragarosa.com.br/conquista-detalhes.php?id=112.

Silva, F. (2009). Competências Gerenciais: um estudo de caso em uma empresa do segmento óptico mineiro. Dissertação de Mestrado em Administração, Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Sparrow, P. R.; & Bognanno, M. (1994). Competency requeriment forecast: issues for international selection and assesment. In: C. Mabey, & P. Iles. Managing Learning. 57-69. London: Routledge.

Stewart, T. A. (1998). Capital Intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. Rio de Janeiro: Campus.

Stutz, D. (1999). O profissional de TI: um novo paradigma de trabalho. Developers’ Magazine. 3(31), 14-15

Vergara, S. C. (2007). Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas.

Volpi, M. (1999). Capacitação técnica e empregabilidade no mundo de hoje. Developers’ Magazine. 3(31), 20-21

Zarifian, P. (2001). Objetivo Competência: por uma nova lógica. São Paulo: Atlas.